O Conselho Executivo da Associação de Municípios da Região Autónoma da Madeira aprovou, esta segunda-feira, por unanimidade dos presentes na reunião, uma moção a enviar à Direção da Caixa Geral de Depósitos na Região Autónoma da Madeira e ao Ministério da tutela manifestando a insatisfação com a decisão de encerramento de agências da Caixa Geral de Depósitos na Região Autónoma da Madeira reivindicando a sua reabertura e devolvendo um serviço publico fundamental às populações.

A Caixa Geral de Depósitos presta um serviço público fundamental ao comércio, à restauração, aos serviços, às instituições, à população, em especial à população mais idosa, com mais dificuldades de deslocação e com menor capacidade de acesso a meios eletrónicos.

A Caixa Geral Depósitos sendo um banco público do Estado deve assegurar um serviço de proximidade e confiança às populações.

O recente encerramento da agência bancária do concelho da Ponta do Sol, única no concelho, um concelho rural, onde os rendimentos são baixos e a rede de transportes públicos é deficitária é muito prejudicial para as populações, que perdem um serviço público de proximidade, contribuindo para o agravamento de assimetrias regionais e o despovoamento.