Os sistemas de aquisição dinâmicos são sistemas eletrónicos que possibilitam às entidades adjudicantes consultar um grande número de potenciais fornecedores de produtos, serviços e obras “standard”, cujas capacidades foram anteriormente verificadas.

É um procedimento que visa a simplificação, desmaterialização e desburocratização com recurso às novas tecnologias de informação e comunicação, através dos meios eletrónicos. 

Os acordos quadro pré-qualificam os fornecedores, prestadores de serviços e empreiteiros de obras públicas, para o fornecimento de bens e/ou a prestação de serviços, bem como para a execução de empreitadas à Administração Pública e estabelecem as condições e requisitos que estes são obrigados a cumprir, em termos de preços máximos/descontos mínimos, níveis mínimos e qualidade de serviço, entre outros aspetos.

Neste enquadramento a AMRAM promoveu durante os dias 13 e 14 de novembro uma ação formativa relacionada com a citada temática que contou com a presença de mais de 25 participantes.

A ação formativa que decorreu na sede da AMRAM, foi ministrada pela Dra. Andreia Alexandra Mendonça Magalhães, Chefe da Unidade de Compras dos Serviços Partilhados da Universidade do Porto.